Dia 6 de junho é o Dia Nacional do Teste do Pezinho!

Data de criação 29/05/2017

O Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN) foi implantado em diferentes fases, de acordo com as doenças rastreadas, e hoje detecta: hipotireoidismo congênito, fenilcetonúria, anemia falciforme e outras hemoglobinopatias, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita e deficiência de biotinidase. Desde junho de 2014, todos os Estados do Brasil estão habilitados para o Programa.

A Dra. Tânia Bachega, médica da SBEM-SP que acompanhou a reformulação do PNTN no Ministério da Saúde, ressalta que “no Brasil, nascem quase 3 milhões de crianças por ano e a cobertura da triagem nos recém-nascidos vai depender de cada Estado. Em São Paulo, são cerca de 50 mil crianças nascidas, e como a cobertura de recém-nascidos triados gira em torno de 90 a 95%, está quase na totalidade. Mas, infelizmente, há ainda uma grande falta de conhecimento da população. Muitas mães não sabem para que serve o teste e o confundem com a identificação (da impressão digital do pé) da criança na maternidade”.

A época ideal para realização do Teste do Pezinho é entre o 3º e 5º dia de vida do recém-nascido. “A triagem neonatal é um processo complexo, pois não se restringe à realização dos testes para diferentes doenças, mas também na busca ativa das crianças com resultados positivos, a confirmação diagnóstica da doença, o início do tratamento no menor tempo possível e o acompanhamento por uma equipe multiprofissional”, complementa a Dra. Léa. 

Atualizada em: 29/05/2017

Eventos em Destaque

XXXII ENDOCAIPIRA - Encontro de Endocrinologistas do Interior de SP

Data: 02 de Setembro de 2017

Reunião Clinica de Atualização – SBEM-SP no Sábado

Data: 05 de agosto de 2017